Filtragem de óleo Hidráulico

Filtragem de óleo em Santo André - SP

A Lubrimaq do Brasil é uma empresa especializada em filtragem, secagem e regeneração de óleo.

A filtragem de óleo promove um aumento na vida útil do equipamento e redução de custo pela utilização de fluídos contaminados com partículas sólidas ou água.

Estudos demonstram que mais de 75% das falhas de sistemas são resultantes diretas da contaminação.

  • Perda de produção (paradas)
  • Custos de reposição dos componentes
  • Reposição frequente do fluido
  • Baixa vida dos componentes
  • Aumento dos custos da manutenção geral
  • Aumento do índice de sucata

Alguns cuidados que devemos tomar para o bom funcionamento do sistema que utiliza óleo:

  • Somente utilizar óleos do grau de pureza exigido pelo fabricante.
  • Armazenar os óleos de forma correta e antes de abastecer no reservatório da máquina é necessário filtrá-los
  • Fazer análise de óleo para verificar a contaminação do óleo regularmente. Através das análises laboratoriais permitem identificar um possível desgaste de componentes em bombas ou vedações.
  • Obedecer os intervalos de troca do óleo do equipamento, lembrando que é necessário limpar o reservatório e filtrar o óleo.

O principal objetivo da filtragem de óleo é eliminar toda a substância prejudicial ao maquinário. As contaminações, que podem vir através do ar, da água e solo.

Para cada tipo de contaminação existe um processo diferente de filtragem a ser executado.

  • Contaminação por particulas sólidas utilizamos equipamento de filtragem (unidade móvel de filtragem com filtros nominais e absoluto de 1 micra).

  • Contaminação por água utilizamos equipamento de filtragem / secagem (termovácuo ou centrivácuo).

Comprar óleo novo ou filtrar? Comparação de valor!

Você sabia que não é necessário a troca do óleo de seu equipamento?

Fazemos a Recuperação através do sistema de Filtragem de Óleo, fazendo com que o óleo retorno às características de um produto novo, sempre seguindo a classificação das normas ISO 4406 e NAS 1638.

Veja aqui um comparativo de preços.

  • Vamos dar um exemplo para filtragem de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68.
  • Para a compra de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68 novo você gastará em média de R$ 10.000,00
  • Para contratar o serviço de filtragem de 1.000 lts de óleo Hidráulico 68 você economizará até 70% desse valor.**
** valor aproximado, depende de vários fatores para a formulação do calculo



Prevenções de Fluídos


Preditiva:
Verificar mensalmente as condições do fluído nos elementos filtrantes existentes nos tanques, válvulas, bombas, sistemas, etc . Verificar através da preventiva os tipos de contaminantes.
Preventiva:
Verificar as condições dos fluídos através de analises Kal Fischer, contagem de partículas, ferrografia, viscosidade, cor e acidez.
Corretiva:
Corrigir os fluídos através de Purificação através de tratamento Centrivácuo, Termofiltro ou Filtro Prensa, com elementos nominais ou absolutos.

Veja aqui o funcionamento do sistema de termovácuo - Separação de água do óleo

Aproximadamente 80% das paradas realizadas em máquinas são devidas a problemas em seu sistema hidráulico, resultante do nível de contaminação excessiva do óleo presente no seu sistema.

Contaminação da Partícula
 
Tipos

A contaminação por partículas geralmente é classificada como sedimento ou pequenas partículas. Sedimento pode ser definido como o acúmulo de partículas menores que 5µm. Este tipo de contaminação também causa falha no sistema/componente ao decorrer do tempo. Por outro lado, as pequenas partículas são contaminantes maiores que 5µm e podem causar falhas catastróficas imediatas. Sedimento e pequenas partículas podem ser classificadas como:

Filtragem - Fato - O fluido novo não é necessariamente um fluido limpo. Tipicamente, um fluido novo tirado do tambor não é próprio para ser usado em sistemas hidráulicos ou lubrificantes.

Filtragem - Fato - Aditivos em fluidos hidráulicos são geralmente menores que 1 mícron e são insensíveis aos métodos de filtragem padrão.

Partículas Duras - Sílica, Carbono e Metal

Partículas Maleáveis - Borracha, Fibras e Micro-organismos
 

Contaminação da Água

Tipos

Há algo mais para manutenção adequada do fluido do que somente remover o problema de partículas. A água é virtualmente um contaminante universal e, como os contaminantes de partículas sólidas, deve ser removida dos fluidos de operação. A água pode estar no estado dissolvido ou no estado “livre”. A água livre, ou emulsificada, é definida como a água acima do ponto de saturação de um fluido específico. Neste ponto, o fluido não pode dissolver ou reter mais água. A água livre geralmente é percebida como uma descoloração “leitosa” do fluido.



Pontos Típicos de Saturação
Tipo de Fluido
PPM
%
Fluido Hidráulico
300
03%
Fluido Lubrificante
400
04%
Fluido de Transformador
50
005%
 
 

Normas de Limpeza - Filtragem de óleo


O processo de filtragem de óleo deve seguir algumas normas que garantam a limpeza do óleo.
As normas são regulamentadas por órgãos internacionais. Como a Norma I.S.O. 4406 e a Norma NAS

Norma I.S.O. 4406: é a norma mais utilizada para medir a limpeza do óleo. Trata-se de um guia de representação, o qual tem o intuito de simplificar o relatório de contagem de partículas, convertendo a quantidade encontrada por mililitro da amostra analisada em um código que mensura esse valor. Trabalha com 3 referências de tamanho de partícula: 4 micrômetros, 6 micrômetros e 14 micrômetros;

Norma NAS 1638: a norma NAS 1638 é considerada mais prática e avalia o nível de contaminação por meio da contagem de partículas em 100 ml. Para isso faz o uso de 5 diferentes faixas de tamanho: (de 5 a 15 micrômetros, de 15 a 25 micrômetros, de 25 a 50 micrômetros, de 50 a 100 micrômetros, ou maior ou igual a 100 micrômetros);


Abaixo apresentamos a tabela de classificação da Norma I.S.O. 4406

NORMA ISO 4406

N° DA FAIXA N° DE PARTÍCULAS POR 100ml
ClASSE DE ATÉ
24 8X106 18X106
23 4X106 8X106
22 2X106 4X106
21 1X106 2X106
20 500X103 1X106
19 250X103 500X103
18 130X103 250X103
17 34X103 130X103
16 32X103 34X103
15 16X103 32X103
14 8X103 16X103
13 4X103 8X103
12 2X103 4X103
11 1X103 2X103
10 500 1X103
9 250 500
8 130 250
7 64 130
6 32 64
5 16 32
4 8 16
3 4 8
2 2 4
1 1 2
0 0,5 1


Comparação óleo contaminado NAS 12 com óleo após Filtragem NAS 4

Comparação óleo contaminado NAS 12 com óleo após filtragem NAS 4


Tabela de correlação entre a Norma I.S.O. e a Norma N.A.S.

Tabela de correlação dos níveis de limpeza
Código ISO Código NAS
23/21/18 12
22/20/18 -
22/20/17 11
22/20/16 -
21/19/16 10
20/18/15 9
19/17/14 8
18/16/13 7
17/15/12 6
16/14/12 -
16/14/11 5
15/13/10 4
14/12/9 3
13/11/8 2
12/10/8 -
12/10/7 1
12/10/6 -